sexta-feira, 13 de março de 2015

Um vizinho insuspeito

Gosto de thrillers psicológicos... e este não sendo um grande filme acabou por me manter sempre atento ao grande ecrã... Jennifer Lopez (Claire Peterson) do alto dos seus 46 anos continua em grande forma física mas aqui tem um papel pouco conseguido... Faz o papel de uma professora de literatura clássica que cita Homero enquanto lava a loiça e sofre noites sem fim porque o marido tem uma amante...

Nesta fragilidade imensa conhece o novo vizinho Noah (Ryan Guzman) de 20 anos, com um corpo todo trabalhado e de uma sensibilidade que a conquistou de imediato. Depois de alguma luta interior para que não acontecesse deixou-se envolver sexualmente com o rapaz e a partir daqui toda a sua vida muda... Noah revela-se um perfeito psicopata...

Um filme que faz pensar na consequência dos nossos atos, que faz refletir sobre as nossas atitudes quando estamos fracos... A fragilidade humana leva a que por vezes se façam coisas incríveis que levam a arrependimentos terríveis. Sou uma pessoa que muitos consideram snob por não me entregar facilmente, por não ser simpático logo e tem muito a ver com isto... gosto de dar passos certos, de saber ao que vou. Claro que também já cometi erros, quem não cometeu que atire a primeira pedra, mas agir por impulso pode correr bem pode correr mal e eu não gosto dessas probabilidades...

Se tens um vizinho novo... cuidado!!!