segunda-feira, 16 de março de 2015

O meu refúgio...

Adoro este sítio... aqui consigo parar para pensar... consigo abstrair-me de muita coisa... é um local ventoso e até por isso gosto de lá ir... gosto de sentir o vento na cara... a vista é excelente... respira-se tranquilidade.

Desta vez refleti sobre o casamento... o meu casamento... mas podia ser também o teu... ou então o teu namoro... basicamente refleti sobre os relacionamentos... e imagina que te perguntava: o que fazes, por amor, à tua mulher, ao teu marido, ao teu namorado/a? E se fazes algo, fazes por esperar algo em troca ou porque pura e simplesmente o/a amas e o/a queres ver feliz? 

Se calhar o teu casamento/namoro já tem alguns anos e deixaste de o alimentar. Serás capaz de reparar nisso? Ou vives um dia atrás de outro fechado nos afazeres constantes da vida e quando dás por ti mais um dia acabou e outro começou?