sexta-feira, 6 de março de 2015

Manhãs mecanizadas

Os meus inícios de dia estão altamente mecanizados... são sempre a mesma coisa... quase ao nível de uma linha de montagem de uma unidade fabril... acordo às 7h, mudo a fralda ao pequeno-grande bebé e avanço destemido para as gémeas, primeiro uma e depois a outra... xixis, lavar caras, pentear cabelos, vestir collants, calças, camisas, casacos, sapatos... para finalizar nos pequenos almoços... pelo meio é preciso gerir os "não gosto disto...", "não quero aquilo", "não quero ir para a escola", "quero a mamã", "quero a vovó", quero ver a princesa Sofia", "quero ver o Manny Mãozinhas"... no fim disto tudo são 8h30m e ainda falta tratar de mim que entro às 9h no trabalho... é verdadeiramente incrível como crianças de três anos têm tantos quereres... às vezes penso que se encontrasse um colégio com farda obrigatória as minhas manhãs melhorariam significativamente... será?

Enquanto isso, agora que já estou aqui frente aos meus Excel e posso respirar fundo, acho que me apetecia ir aproveitar o sol que está lá fora e sonhar com o percorrer a costa portuguesa de Vila Real de Santo António até Caminha só para estudar o efeito das alterações climáticas...