quarta-feira, 29 de abril de 2015

As mais valias de um contrato pré-nupcial

Tem 36 anos, é modelo, presença habitual em revistas masculinas um pouco por todo o mundo e joga póquer. Chama-se Joanna Krupa e casou com Romain Zago em 2013. Até aqui, nada de especial. O curioso desta história está no facto de Joanna Krupa ter assinado um contrato pré-nupcial, no qual o marido se comprometia a terem relações sexuais pelo menos três vezes por semana. Como ainda continuam casados, penso que o contrato está válido e a ser implementado!!! Perante isto, a minha questão é: se existissem mais mulheres assim ou mais contratos deste género não se resolveriam alguns problemas que andam por aí no mundo? Ah valente!!!