quinta-feira, 16 de julho de 2015

Faz todo o sentido

«Ninguém se faz sozinho,
e a única prova de amor é a própria entrega,
porque sem o Outro somos incompletos
como pássaros sem asas que julgam na mesma poder voar!»

(Daniel Cândido da Silva)