segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Para a vida ser bela...

É muito comum desejarmos poder e importância, e se não tivermos parece que a nossa vida é miserável. Contudo, a arte de viver para o outro, numa atitude de serviço, é que nos devia verdadeiramente preencher. E a propósito, inspira-me o que se dizia no filme “A vida é bela”, de Roberto Benigni: “Servire è l'arte suprema; Dio è il primo servitore”. Sim, “Deus é o primeiro servidor”! E seguir o seu exemplo torna, não só a vida, mas tudo mais belo.