quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Clássico

Ter 20 anos é também ter uma voz própria. Uma identidade. Os The Gift fazem 20 anos e presenteiam-nos com um Clássico que é um verdadeiro hino à esperança. Não me canso de o ouvir. Tudo amanhã será melhor mas muitas vezes perdemos essa noção e só apetece desistir... Mas amanhã tudo será melhor! É só preciso acreditar, confiar...

Fecho a porta oiço um vazio
vou querer sobreviver ao dia de amanhã

olhos, cenas que não vou lembrar
hei-de encontrar, dignificar o sol de uma manhã

e agora, fraco ou forte, só me resta ir
e acredito que no mundo há flores por abrir
mesmo que sinta que algo em mim aqui morreu

Juntos sou eu
só eu

e existe um só céu, uma febre pagã
e depois de um sim ou não há sempre um amanhã
e agora sinto que algo em mim aqui morreu

juntos sou eu
só eu
juntos sou eu
só eu
juntos sou eu ...

Fecho a porta oiço um vazio
vou querer sobreviver ao dia de amanhã

e o mar e o sol e a chuva só me fazem ir
e acredito que no mundo há flores por abrir
eu vou....

e agora, fraco ou forte, só me resta ir
e acredito que no mundo há flores por abrir
mesmo que sinta que algo em mim aqui morreu

juntos sou eu
só eu

e o mar e o sol e a chuva só me fazem ir
e no fim da grande estrada há sempre um partir

mesmo que sinta que algo em mim aqui morreu
juntos sou eu

só eu
só eu
juntos sou eu
juntos sou eu
só eu

Eu vou ...
e sinto que algo em mim aqui morreu
juntos sou eu
só eu

e agora, fraco ou forte, só me resta ir
e acredito que no mundo há flores por abrir
e agora sinto que algo em mim aqui morreu

juntos sou eu
só eu
juntos sou eu
só eu